Arquitetura e Urbanismo


Carlos Eduardo Canto é estudante de Arquitetura e Urbanismo. Sua visão é de um curso amplo e diferenciado, voltado para a formação crítica. Ele aconselha que o futuro estudante absorva em todos os campos o máximo de experiências – pessoais, acadêmicas, sociais. Confira!

 O CURSO:

“Eu diria que Arquitetura por si só já é um curso diferenciado. A abordagem que é feita em relação às áreas de humanas, exatas e biológicas é interligada e isso é essencial para a formação do arquiteto e urbanista. O curso de arquitetura e urbanismo na UFF é bem interessante por cobrir essas três áreas, o que estimula o raciocínio crítico e observador dos seus alunos quanto às mais variadas questões que presenciamos em nossa sociedade. E isso tudo não acontece somente dentro da sala de aula, mas também fora dela, com as trocas e o compartilhamento interpessoais, independente de curso, aluno, professor e servidor técnico-administrativo.”

 CONSELHO PARA QUEM PRETENDE INGRESSAR EM ARQUITETURA:

“Uma vez no curso, absorvam ao máximo todas as experiências possíveis, sejam elas acadêmicas, profissionais, sociais ou pessoais. Muito se aprende dessa absorção nesse curso e até mesmo fora dele, e tudo se torna fundamental para a formação do arquiteto e urbanista, pois nós arquitetos somos capazes de desempenhar grandes papéis na sociedade, muito além do planejar, projetar e construir. Tenham em mente que é um curso difícil por ser amplo, mas ao mesmo tempo é bastante compensador poder aplicar esse aprendizado dentro e fora da faculdade.”

 EXPERIÊNCIAS INTERESSANTES:

“Participei em 2012 de um dos encontros Regionais dos Estudantes de Arquitetura – EREA (em Ibitipoca-MG) e lá, como parte de uma oficina, estávamos construindo uma estrutura geodésica de bambu para gerar um uso e permanência numa área pouco usada, mas que apresentava bastante potencial. No meio do processo de construção, alguns moradores e várias crianças pediram para participar e ajudaram na construção. Ficamos felizes não só por termos concluído a tarefa com a ajuda e participação dos moradores, mas também pelo fato deles terem adotado o espaço para seu lazer e descanso ao longo da semana.”

#HumanosdaUFF #ConheçaUFF #ArquiteturaeUrbanismoUFF #UFFBR #DepoimentosUffianos