Cinema e Audiovisual


Lucas Reis diz que o curso possui professores que são referência na área e que formou muitos profissionais consagrados. Além disso, chama a atenção para a sala de cinema do Centro de Artes da UFF e para a possibilidade de o estudante mostrar seu trabalho. Para o curso, ele recomenda que assista muitos filmes e que leia muito sobre o assunto.

? O CURSO
“Tem suas vantagens e desvantagens como qualquer curso de graduação. De alguma forma, é um curso bem tradicional porque, assim como o da USP, existe desde a década
de 1960 e formou muita gente de prestígio que atua na área. Temos professores que são referência nos estudos de cinema; uma pós-graduação importante; um bom número de equipamentos e projetos extraclasse. Outro fator que chama a atenção é a sala de cinema do Centro de Artes da UFF, considerada uma das melhores, quiçá, a melhor projeção do estado do Rio de Janeiro. De forma tímida, o discente tem usado a sala, como na mostra Uffilme – semana que são exibidos todos os filmes produzidos no curso de cinema da UFF – ou com cineclubes mensais. O curso da UFF tem duas habilitações, bacharelado e licenciatura. Vale destacar que é a primeira e, até então, a única licenciatura em cinema no país, que direciona a graduação para atividades vinculadas a educação.”

? DICA PARA QUEM TEM INTERESSE EM CURSAR CINEMA
“Assistir muitos filmes e ler bastante sobre o assunto. Também entender que cursar Cinema não é apenas trabalhar na produção de filmes, mas que há um mundo de possibilidades de atuação, desde dar aulas até preservar filmes. Acima de tudo, compreender que o audiovisual é um instrumento de ação social e política e são suas escolhas durante o curso que vão determinar a sua formação.”