Ciências Ambientais


Isabella Pires cursa Ciência Ambiental por gostar desta área, da visão holística que ela oferece e também do mercado de trabalho que é bem diversificado.


? O CURSO

“O curso é recente na UFF e interdisciplinar, aborda disciplinas tanto da área de exatas quanto de socioambiental para que os futuros profissionais possam ter uma visão e abordagem holística em relação ao meio ambiente. O curso também denomina-se pelo nome de Ecologia, dando enfoque na preservação do meio ambiente, gestão ambiental e como mediação para conflitos ambientais, que é algo muito presente nos dias atuais. Os professores são formados em diversas áreas e podem nos oferecer uma visão de 360º tanto do curso quanto do trabalho com o meio ambiente.”

? A ESCOLHA DO CURSO

“Escolhi o curso por gostar muito da área ambiental e da visão ampla que ele oferece, dando a oportunidade para o estudante focar em áreas de seu interesse. No começo, me interessava muito por trabalhar em ambientes costeiros, mas graças ao meu trabalho na empresa júnior Agrha Consultoria, tenho me interessado bastante por gestão ambiental e empreendedorismo relacionado a sustentabilidade.”

? O MERCADO DE TRABALHO

“Um dos benefícios de trabalhar com o meio ambiente é que sempre haverá diversas frentes de trabalho. Existe uma área mais acadêmica, voltada para pesquisas e artigos científicos; uma área mais socioambiental, voltada para políticas públicas, governanças e cidadania e também a área do mercado, que tem ganhado forma nos últimos tempos, com o fornecimento de serviços ambientais que sugerem um uso equilibrado dos recursos do planeta, sempre com o viés da sustentabilidade e do uso consciente.”

? CONSELHOS PARA QUEM DESEJA CURSAR CIÊNCIA AMBIENTAL

“Meu conselho é conversar com alunos do curso com diferentes tipos de perfil. Será interessante ter uma visão diferenciada, já que cada aluno pode focar uma área de interesse para sua carreira e estudos. Assim, filtre todas as informações e veja se há alguma identificação sua com o curso. Pesquise sobre as disciplinas da grade curricular do curso e se informe com os novos formandos, que já podem oferecer uma visão mais madura sobre o curso. Existe mercado de trabalho para o estudante de ciência ambiental, mas é necessário que o aluno corra atrás de oportunidades que enriqueçam seu conhecimento. Estar participando de uma empresa júnior tem me fornecido uma visão sobre o meu curso muito mais ampla do que eu jamais pensei que teria.”